Tópicos | Deus

Depois de conquistar o título do Campeonato Pernambucano deste ano no último domingo (8) ao vencer o Central por 2 x 1, a festa alvirrubra tomou conta da Arena de Pernambuco. Em entrevista à Globo Nordeste logo após o jogo, o volante e capitão Negretti afirmou que a conquista da taça já tinha sido revelada para ele por meio de um sonho. Segundo o atleta, ele sonhou que seria campeão por um clube de cores vermelha e branca. 

"Dessa vez, em uma oração, no meu quarto, Deus falou: agora pode ir porque vai acontecer o que eu tenho preparado para a sua vida'. E tudo isso é para honra e glória do Senhor. Acredito que isso foi muito importante para a minha vida e para a vida dessa torcida maravilhosa", disse Negretti.

##RECOMENDA##

LeiaJá também

--> Nas redes sociais, atletas do Náutico comemoram título

A vereadora do Recife Michele Collins (PP) decidiu se pronunciar, nesta quarta-feira (4), sobre o julgamento do habeas corpus preventivo impetrado pela defesa do ex-presidente Lula, que acontece no Supremo Tribunal Federal (STF). Em uma transmissão ao vivo pelo Facebook, a missionária disse que sentiu no seu coração a necessidade de fazer uma oração pelo Brasil porque a nação estava sendo “passada a limpo”. 

“É um julgamento muito importante que acontece no Supremo e o nosso dever como cristão, como servos de Deus, é orar, interceder e clamar pelo Senhor. Sei que muitas igrejas hoje estão orando, muitas pessoas estão intercedendo, e eu queria convidar você também agora para poder orar conosco”, disse. 

##RECOMENDA##

Collins pediu que fosse dada sabedoria e discernimento aos ministros porque eles foram escolhidos “pelo pai” para decidir o futuro do país. “Senhor, existem algumas pessoas que estão com o coração cheio de raiva, de ódio, e de rancor pelo que vem acontecendo. As pessoas estão divididas, mas eu creio que o Senhor, que é o Deus todo poderoso, é quem vai definir e dar a última palavra. Tua vontade é que vai prevalecer”, continuou orando. 

[@#video#@]

A vereadora ainda falou que Deus está “trabalhando” pela nação, pelo futuro do país, e por tudo o que há de vir. “Eu sei que Deus está operando”, enfatizou.

 

Durante uma entrevista à jornalista Mariana Godoy, a cantora gospel Aline Barros não se absteve de falar sobre homossexualidade. A artista disse que conhece homossexuais que são “pessoas queridas”, mas que não concorda com a prática do que fazem. “Conheço homossexuais que já fizeram meu cabelo, minha maquiagem e são pessoas queridas. Mas, em relação à prática daquilo que fazem, não posso dizer que concordo”, disse. A opinião da cantora desagradou muitos internautas, que comentam o assunto neste sábado (31). 

A cantora tentou argumentar afirmando que seu posicionamento sempre vai ser o que a palavra de Deus a orientar. “Ele criou o homem e a mulher e, em sua plenitude, pensou na estrutura de família para que o homem pudesse se unir à mulher, os dois fossem uma só carne e pudessem se multiplicar e encher a terra”, falou. 

##RECOMENDA##

Na conversa, ela ainda falou obre seu marido, o ex-jogador de futebol Gilmar dos Santos, com quem é casada há 18 anos. “Nunca passou pela minha cabeça que eu fosse casar com um jogador de futebol. O conheci quando tinha 17 anos em um evento no Rio de Janeiro. Começamos uma amizade muito bonita e durante nove meses pudemos nos conhecer melhor”, revelou.  

O deputado estadual Cleiton Collins (PP) prestigiou uma cerimônia realizada, na Câmara Municipal do Recife, em homenagem aos 25 anos da União dos Militares Evangélicos da Polícia Militar de Pernambuco (UNEV). Durante o evento, que aconteceu nesta semana, em um breve pronunciamento, o parlamentar fez uma declaração polêmica. Collins afirmou que as pessoas mais discriminadas no país são as evangélicas. 

“A gente vive em um país com discriminação. Discriminação de todas as espécies no nosso país, mas quem mais foi discriminado em nosso país foram os evangélicos, essa é a grande verdade”, afirmou. 

##RECOMENDA##

No entanto, Cleiton Collins falou que ninguém pode “calar” o evangelho. “Nós vamos continuar avançando quer queiram ou não, o evangelho ninguém pode calar. Ninguém pode calar a voz do nosso Deus. Se o seu povo não quiser falar, fique tranquilo, as pedras vão falar por nós”, declarou. 

O deputado, que é pastor da Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira, fez todo o discurso voltado à religião. “Se não fosse o Senhor, o que teria sido de nós?”, indagou ressaltando que todos os homens precisam de oportunidades.

“Às vezes, as pessoas olham para um ex-presidiário, ex-dependente químico, que no meio de uma sociedade, que não quer ver a restauração dessa pessoa, não há oportunidades”, lamentou. Ele ainda parabenizou os militares pedindo bênçãos a todos. 

 

 



Em mais uma entrevista concedida nesta quarta-feira (14), desta vez para a TV 247, Lula falou novamente que é inocente e que aguarda por justiça. O ex-presidente também agradeceu a “preocupação” das pessoas em relação ao que pode acontecer com ele. 

“Eu sou cidadão otimista, acredito piamente de que vai acontecer justiça neste país no meu processo porque a única coisa que eu espero, seja no Supremo Tribunal de Justiça ou no Supremo Tribunal Federal, é que eles analisem o mérito da acusação da qual sou vítima”, pediu. 

##RECOMENDA##

O líder petista chegou a falar que espera, em algum momento, que apareça “um iluminado de Deus” na Justiça para dizer que tudo o que está acontecendo é algo “macabro”. “É o que eu quero neste momento. O que eu quero é que, em algum momento, seja no STF ou no STJ, analisem o mérito do processo”, disse esperançoso.

Lula também ressaltou que, se for comprovado de que ele não é culpado, é preciso pedir a exoneração dos ministros, juízes, representantes do Ministério Público bem como da Polícia Federal que, segundo ele, mentiram. “Essa gente tem que ter mais responsabilidade. Eles não podem julgar ninguém politicamente. Eles têm que julgar com base nos autos e nas provas. É a única coisa que eu quero é isso”. 

“Sou vítima de uma mentira do jornal O Globo, que foi transformado em um inquérito mentiroso da Polícia Federal, que foi transformado em uma acusação mentirosa do Ministério Público, e que foi definida em uma pena mentirosa e por um julgamento mentiroso do juiz Sérgio Moro e que foi confirmada a mentira no TRF-4”, continuou se defendendo. 

O petista ainda falou que se está “atônito e perplexo” com a sua condenação. “Todos eles sabem que o apartamento não é meu, todos eles sabem que eu não comprei, que eu não paguei, que eu não morei, que eu não usei, portanto eu estou sendo condenado por ser dono de uma coisa que eu não sou dono. Sou de uma região do país que a gente nasce pobre, mas a gente nasce com honra, aprendi a andar de cabeça erguida. As pessoas pensam que estou brigando porque quero ser candidato, eu quero é lavar a minha honra. E acho que quem mentiu ao meu respeito, quem disse que eu fiz lavagem de dinheiro, tem que pagar e pedir desculpas”. 

 

O recesso parlamentar da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) terminou na semana passada e a pergunta que fica agora é como irão se movimentar os deputados estaduais na busca da reeleição ou outras pretensões maiores na disputa eleitoral deste ano. A maioria ainda busca a discrição e não comenta sobre o assunto, mas uma coisa é certa: a corrida em busca de sair vitorioso na eleição que acontece em outubro já começou.

Em entrevista ao LeiaJá, concedida nesta segunda-feira (5), o deputado estadual Cleiton Collins (PP), que também é pastor, afirmou que está orando e que aguarda a “direção” de Deus antes de dar qualquer passo. 

##RECOMENDA##

“Estou pedindo bastante direção a Deus para saber qual vai ser. Eu faço muito disso. As pessoas querem saber e, às vezes, até o meu próprio partido, e eu falo que estou orando, estou buscando a direção de Deus para ver o que ele quer para mim, mas na verdade quero continuar melhorando o que a gente já está fazendo e seguindo o caminho. Estamos aí para ver se vai ser de deputado [reeleição], enfim tem muita água para rolar debaixo da ponte”, contou. 

O deputado também falou que o seu partido está se estruturando a cada dia com o objetivo de consolidar “uma grande chapa”. “Uma chapinha boa e competitiva. Por isso, estamos aí com os parlamentares tentando ajudar”. Collins ainda ressaltou que o momento agora é de continuar a trabalhar para ajudar Pernambuco. “A gente está na liderança da bancada e esse é o foco: ajudar o governo no que for preciso, pensar no estado porque atravessamos muitas dificuldades, mas eu acho que está melhorando, que está começando a clarear. Essa é a nossa missão aqui”. 

O deputado finalizou afirmando que a sua luta contra as drogas vai ser cada vez mais intensificada, principalmente no que se refere às comunidades terapêuticas. “Para tentarmos ajudar a combater a violência. Estamos criando algumas ideias para reunir jovens em uma política de prevenção nas escolas e também queremos reunir uma grande quantidade de escolas na Arena de Pernambuco para a gente desenvolver uma atividade com os adolescentes nesse sentido. Na semana passada, quatro jovens que estavam desesperados querendo sair do mundo do crack me procuraram, então estou focado em ajudar”. 

Ao comentar um suposto projeto que visa criminalizar a evangelização na Bolívia, o deputado federal Pastor Eurico (PHS) aproveitou para fazer uma declaração duvidosa para muitos, diante do atual cenário político brasileiro. O parlamentar falou que há uma bíblia exposta na mesa diretória da Câmara dos Deputados e que a escritura sagrada está sendo “honrada e respeitada” na Casa.

“Graças a Deus que nós brasileiros escapamos desse tipo de governo e precisamos lutar para que nunca mais volte até porque o Brasil é um país onde nós temos a liberdade religiosa, temos os símbolos religiosos que são respeitados. Aqui, no plenário desta Câmara, onde estou agora na mesa diretora da Câmara dos Deputados, nós temos aqui a bíblia presente. A bíblia que é a palavra de Deus, que aqui está sendo honrada e respeitada, embora algumas pessoas não concordem, não aceitem, mas ela está respaldada por lei e vai continuar”, declarou por meio de vídeo divulgado em seu Facebook.

##RECOMENDA##

O parlamentar falou que na Bolívia está acontecendo “o absurdo da perseguição religiosa”. “Uma decisão que está sendo tomada na Bolívia, nessa república esquerdopata bolivariana, que busca atingir as instituições religiosas. Por incrível que pareça, querem criminalizar qualquer pessoa que convide alguém para participar de uma organização religiosa e com uma pena de 7 até 12 anos. Isso é um absurdo”.

Eurico ainda disse que esperava que algumas pessoas, sem citar nomes, não queiram copiar essas ideias para o Brasil. “Aí vai um aviso: se alguém tentar fazer isso, nós lutaremos aqui para defender a bíblia, a palavra de Deus. Defender as instituições religiosas porque nós estamos como representantes delas aqui. Estamos como representantes do povo de Deus. Saibam disso”, frisou.

“Eles tentam calar a voz, tentam parar a marcha das igrejas, mas não vão conseguir porque quem está conosco é maior do que quem está com eles. O Brasil pertence ao senhor Jesus e você meu irmão, minha irmã, pode contar conosco. Estaremos aqui, aguerridos, como soldados em batalha lutando em favor desses princípios”, avisou.

Apesar de falar que a bíblia é honrada na Câmara, em novembro do ano passado, o Pastor Eurico chegou a dizer que “lamentavelmente” algumas lideranças se corrompem, inclusive no segmento evangélico. Na ocasião, ele se referia à votação da denúncia envolvendo o presidente Michel Temer (PMDB).

Perseguição religiosa

O deputado federal Marco Feliciano (PSC) também se pronunciou sobre o assunto em vídeo publicado no Facebook. “O líder comunista, amigo dos camaradas Fidel Castro, Hugo Chaves, Lula da Silva e José Dirceu, Evo Morales, que tentam se perpetuar no poder através de maracutaias legislativas diante da reação contraria da igreja cristã, em particular as evangélicas, propõe agora uma total quebra dos princípios constitucionais", criticou. 

Segundo Feliciano, católicos e evangélicos estão se unindo. “Vou solicitar à mesa da Câmara dos Deputados que oficie as autoridades diplomáticas para que pressione o governo de Evo Morales para que cesse à perseguição religiosa e reveja as mudanças na legislação”.

 Ele ainda disse que ia pedir a Deus para que ajude os cristãos bolivianos. “Acordem, cristãos. O mau vem com sapatinhos de algodão, sorrateiramente vem entrando em nossas casas, escolas, governo e para isso é preciso resistir. Que a Bolívia seja livre para que o evangelho seja pregado porque a liberdade de culto é algo que há dentro do ser humano como um dos seus maiores direitos individuais. Lá não podemos interferir a não ser com nossas orações, mas aqui no Brasil, esses governos que passaram e querem voltar, a intenção deles é fazer aqui a mesma coisa e nós não vamos deixar fazer”.  

 

Durante entrevista concedida a uma rádio no município de Vitória, capital do Espírito Santo, nesta terça-feira (14), o pré-candidato a presidente da República Jair Bolsonaro (PSC) destacou que não se pode ter pena de pessoas que cometem crimes. “Nós não podemos ter pena desse tipo de gente e nós não podemos ter uma lei de execução penal tão frouxa quanto essa”, criticou. 

O deputado federal lamentou o Brasil não ter prisão perpétua e afirmou que a sociedade tem que ficar livre do contato “com esse tipo de gente”. “Deixar esse pessoal lá [na cadeia] não é para pagar seu pecado não, é para que a sociedade fique livre do contato com esse tipo de gente. Esse tipo de gente não pode ter benefício de lei. No Brasil não tem prisão perpétua, se dependesse de mim teria prisão perpétua”. 

##RECOMENDA##

Ele falou que se candidatar na eleição de 2018 é “uma missão de Deus”. “Essa cruz é pesadíssima, mas ele [Deus] não nos dá o peso que não possamos carregar e acredito que nós temos como fazer um Brasil completamente diferente do que nós vimos até o momento (...) analisando o quadro dos pré-candidatos porque a gente não pode tentar? Nós temos bons amigos na Câmara, no Senado, e traçamos um plano há três anos de como buscar a possibilidade de chegar lá e fazer a diferença, fazer diferente do que foi feito até o momento”, prometeu. 

Jair disse que muita coisa precisa mudar, mas “com fé em Deus” dias melhores poderão chegar e contou que a grande mídia está com medo. “Estão preocupadíssimos porque eu sou uma pessoa diferente dos que se apresentaram até o momento como pré-candidatos a presidente. Eu não faço parte dessa forma de governar o Brasil”. 

Acompanhando o parlamentar na entrevista, o senador Magno Malta (PR) defendeu Bolsonaro sobre uma parte da população falar que ele não tem conhecimento em áreas como economia e educação. “As pessoas não sabem discernir conhecimento de cultura. Escuto jornalista dizendo que Bolsonaro é um homem sem cultura, eu mesmo nunca passei no vestibular e você tem formação universitária, duas. O que é cultura e o que é conhecimento? Cultura é você ser uma lâmina rasa e saber um pouco de tudo e conhecimento é um poço profundo. O nosso poço profundo está na segurança pública”.

 

Após a tradicional celebração da audiência geral, o papa Francisco comentou os recentes ataques terroristas pelo mundo, incluindo o de Nova York, e disse que os extremistas "abusam" do nome de Deus.

"Caros irmãos e irmãs, estou entristecido pelos ataques terroristas desses últimos dias na Somália, no Afeganistão e ontem em Nova York. Ao deplorar tais atos de violência, rezo pelos mortos, pelos feridos e por seus familiares. Peçamos ao Senhor que converta os corações dos terroristas e liberte o mundo do ódio e da loucura homicida que abusa do nome de Deus para disseminar a morte", disse aos fiéis no Vaticano nesta quarta-feira (1°).

##RECOMENDA##

Da Ansa

Há rumores de que o apresentador Luciano Huck seja candidato a presidente do Brasil em 2018. A possibilidade é tão grande que comenta-se que ele tem se encontrado, frequentemente, com empresários que estariam empolgados com essa opção. Para o jornal Folha de S.Paulo, em reportagem publicada nesta sexta-feira (27), o irmão de Huck, o cineasta Fernando Grostein Andrade, falou sobre o tema e disse que vem tentando fazer com que ele não entre na política. “Falamos sobre isso, sempre comigo pedindo, pelo amor de Deus, para ele não fazer isso”, contou. 

Durante a entrevista, que aconteceu em Nova York, o cineasta reiterou que não apoia a ideia e afirmou que tem muito carinho por Huck. “Eu acho que pode contribuir bastante para a vida política do Brasil estando fora da política. Quero ele longe da política e mais perto da família”. 

##RECOMENDA##

Grostein também falou que não acredita que o apresentador da TV Globo seja de “direita”. "Não acredito nessa visão simplificadora de esquerda e direita. A primeira pessoa que me levou a uma favela a vida foi o Luciano. Apesar de ele ser amigo de várias pessoas com bastante dinheiro, é uma pessoa que conhece os presídios, conhece as favelas e tem uma visão bastante aberta sobre o mundo e as pessoas. Não acho que ele seja de direita”, contou ao jornal. 

No mês passado, Huck também se reuniu com algumas lideranças do DEM para discutir uma filiação visando 2018. No encontro, que aconteceu no Rio de Janeiro, também participaram o ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). 

Na semana passada, em artigo escrito para a Folha de S.Paulo, Huck deixou claro que vai participar do processo de renovação política do país, mas sem deixar muitas pistas. “Como já me comprometi publicamente antes, quero e vou participar deste processo”, ressaltou. O empresário também fez uma crítica declarando que quando a Câmara dos Deputados e o Senado Federal forem compostos por “pessoas integras, éticas e comprometidas com o bem comum”, as soluções para os problemas do país irão florescer. 

Igreja Universal do Reino de Deus completou 40 anos de existência em meio a polêmicas como a entrega de dízimos. Já houve casos em que a igreja teve que devolver, por determinação da Justiça, as ofertas entregues por fiéis.  Em entrevista concedida ao LeiaJáo bispo William Brigido, que faz parte da Universal há 32 anos, questionado sobre as críticas e entrega de dízimos, é categórico: “É bíblico, nós estamos obedecendo o que está escrito”, declarou. 

“Nós podemos até fazer um desafio a qualquer pessoa que esteja ouvindo esse recado sobre as doações: pense quantas vezes, nesses 40 anos, já teve alguma vez que chamamos alguém que está bem, que está feliz, uma pessoa que está prosperando, uma vida digna para vir à igreja? Nós trabalhamos com que está sofrendo. Se você entrar na internet e buscar todos os vídeos da Universal, nós só trabalhamos com quem está sofrendo, com quem está separando, quem quer morrer, que está doente, que está desenganado, no presídio, dormindo na rua, aí nós vamos ajudar. Esse é o trabalho da Universal”, justificou o bispo. 

##RECOMENDA##

Brigido declarou que as críticas são feitas por quem não entende e que é com o dízimo que a Universal sobrevive. “E quando as pessoas falam, elas falam daquilo que não entendem. A bíblia, nós temos que obedecer. É a ordem de Deus, não é nossa: ensinar o dízimo, ensinar a ofertas e dar a contribuição. Todas as religiões têm e a Universal faz parte disso e é com essas contribuições que nós sobrevivemos nesses 40 anos e estamos seguindo em frente”. 

Ele que recebeu, na noite de ontem, uma placa comemorativa da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) em homenagem à data afirmando que foi uma honra. “Um dia presenciamos no passado, inclusive foi passado aqui no telão, a imagem da igreja sendo fechada. Eu estive aqui nessa época, há 27 anos, mais ou menos, e teve a época em que ela foi fechada e hoje voltamos na casa da autoridade onde aqui são tomadas decisões do estado todo e receber uma homenagem é uma prova de que, um dia, foi um plano e hoje a Universal é um fato. Ela existe, ela é real”. 

 

William Brigido ainda falou que é um trabalho árduo e de muita dedicação. “São 40 anos de existência e lutas nós temos, vivemos e estamos vivendo e sabemos que vamos viver, mas sabemos com quem estamos e temos certeza da nossa vitória. É realmente um trabalho árduo, é um trabalho de muita dedicação feita por um exército de pessoas. São mais de 15 mil jovens de Pernambuco ajudando e mais de sete mil obreiros ajudando as pessoas que chegam necessitadas. Quando juntamos esse exército, é a Igreja Universal. Um trabalho real, verdadeiro e autêntico”, reforçou. Ao todo, Pernambuco possui cerca de 300 igrejas e quase mil pastores aqui no estado.

 

 

 

 

 

 

Em diversos momentos durante sua apresentação no Recife, o humorista e o segundo deputado federal mais votado na história do país, Francisco Everardo Oliveira Silva, mais conhecido como Tiririca, tentou brincar com sua trajetória e em diversos momentos falou sobre “fome” e dificuldades que enfrentou. Em entrevista concedida ao LeiaJá, voltou a relembrar alguns momentos de sua vida. “Minha história é de superação porque minha família sempre foi muito humilde. Muitas vezes a minha mãe não tinha o que dar de comer para mim e para os meus irmãos”, desabafou.

O cearense falou que foi com “muito trabalho” que conseguiu vencer. “Mas com fé em Deus, persistência e muito trabalho consegui vencer”, ressaltou. Tiririca também disse que se sente abençoado. “Eu me sinto muito abençoado por Deus. É maravilhoso poder fazer as pessoas sorrirem e poder levar alegria para a vida delas”. 

##RECOMENDA##

O comediante contou um pouco de como surgiu a ideia de trabalhar com o humor. “Minha família é circense e, quando eu tinha oito anos de idade, faltou o palhaço e minha mãe me colocou para substituir. Desde então, não parei”. 

A ideia de fazer apresentações aconteceu através de uma conversa com a sua esposa, Naná Magalhães. “Estávamos conversando sobre o meu retorno aos palcos e ela teve essa ideia. Com isso, ela montou o show, eu aprovei e resolvi cair para dentro. Nas apresentações, conto a minha vida desde o meu nascimento até os dias de hoje. É uma retrospectiva bem humorada sobre a minha vida”, explicou. 

Política

O parlamentar já declarou que na sua primeira expressiva votação, quando na disputa para uma vaga na Câmara dos Deputados em 2010, os votos recebidos foram de protesto diante do cenário político, no entanto garantiu que a reeleição ao cargo com um número menor, porém ainda significativo deve-se ao trabalho realizado. “Por todo local que eu passo, tenho esse reconhecimento. Trabalho com muita responsabilidade e faço a minha parte”. 

Durante a apresentação no Recife, o parlamentar em momento algum falou sobre qualquer tema envolvendo política, muito menos sobre a denúncia de abuso sexual que pesa contra ele. A expectativa de muitos é que ele falasse sobre o panorama atual. No final do evento, Tiririca chegou a dizer que tinha tudo para não dar certo.

“O legal, sabe o que é? É você chegar onde você chegou, como no meu caso, sem puxar tapete de ninguém, sem ser filho de ninguém e você conquistar tudo isso. O mais difícil não é chegar, é você ficar, então isso é fantástico. Já vi muitos colegas baterem e voltarem e você ficar, com humildade mesmo. Sou o mesmo cara, só que rico, né?”, brincou.

Cartas de Albert Einstein nas quais o cientista compartilha com seus colegas reflexões sobre Física, Deus e Israel nos anos 1950 serão leiloadas em Jerusalém no próximo dia 20 de junho.

A casa de leilões Winners oferece em seu site uma descrição das cinco cartas escritas em inglês entre 1951 e 1954, avaliadas em seu conjunto entre 31.000 e 46.000 dólares.

Em uma delas, enviada em 1951 ao físico David Bohm, Einstein aborda o vínculo estabelecido por ele entre a teoria quântica e a da relatividade. "Devo confessar que não estou em condições de adivinhar como poderia alcançar tal unificação", escreveu.

Em uma carta de 1954 dirigida a Bohm, que na época vivia em São Paulo, Einstein mostra sua empatia diante das dificuldades vividas por seu amigo com um complexo trabalho teórico. "Se Deus criou o mundo, sua maior preocupação não era facilitar para nós a sua compreensão. O sinto claramente há 50 anos", assegurava.

A Winners indicou que as cartas faziam parte do patrimônio da falecida viúva de Bohm.

Outra carta de 1954 se refere à possibilidade de Bohm se instalar em Israel, que havia sido fundado seis anos antes.

Einstein, que recusou uma oferta para se tornar o presidente do novo país, considerava que não era um bom momento para seu amigo tomar essa decisão. "Israel é intelectualmente vivo e interessante, mas tem possibilidades muito reduzidas e viajar com a intenção de abandonar o país na primeira ocasião seria lamentável", opinou.

Bohm ocupou em 1955 o posto de professor convidado do Instituto Tecnológico de Israel, em Haifa, mas dois anos depois se mudou para a Inglaterra, onde trabalhou nas Universidades de Londres e de Bristol, segundo o site da Winners.

Einstein era representante não residente da Universidade Hebraica de Jerusalém quando morreu, em 1955. Deixou para essa instituição os seus arquivos, a maior coleção do mundo de seus documentos.

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) desembarcou, no Recife, nesta terça-feira (30), para participar do velório de Sebastião Tomaz de Aquino, um sobrevivente do atentado no Aeroporto Internacional dos Guararapes em 1966. O polêmico parlamentar, desta vez, um pouco mais contido, em entrevista exclusiva ao LeiaJá, falou sobre sua candidatura à presidência da República. “Se essa for a missão de Deus, eu estou me preparando para enfrentar esse desafio”, afirmou. 

Bolsonaro também se defendeu das críticas dos opositores que o definem como “homofóbico, racista e machista”. “Porque homofóbico? Porque eu sou contra ao material escolar conhecido como kit gay? Qual o pai quer que o filho aprenda na escola ou tenha acesso a filme de duas meninas se beijando ou dois homens se acariciando a partir de seis anos de idade? No meu entender está servindo apenas a uma coisa: você estimula precocemente a criancinha para a vida sexual. Não é isso que um pai quer. Eu duvido que um pai queira isso. Como os ativistas e os homossexuais, uma minoria dos que tem esse comportamento ou nasceram assim, não tiveram como me derrotar nesse embate junto à família brasileira partiram para o lado que eu sou homofóbico”, disparou. 

##RECOMENDA##

“O que mais? Racista? Eu sou contra cotas. Qual a diferença de um nordestino, por exemplo, e de um afrodescendente exercendo uma mesma profissão no Rio de Janeiro. Porque o filho o afrodescendente que tirou nota seis entra na faculdade e o filho do nordestino tira nove e não entra por questão de cor de pele? Isso está errado. Nós somos um só povo e poderíamos fazer uma análise indígena. Porque tanta proteção ao índio, se o índio na Bolívia pode ser presidente e o nosso tem que continuar sendo animal de zoológico? Não devemos integrá-lo à sociedade? Fazer com que ele se beneficie dos bens da ciência?”, questionou. 

Jair também falou que as “políticas que dizem defender a minoria”, segundo ele, escravizam as minorias. “É a mesma coisa que o quilombola. Fui para ver como é. No que eu fui, pelo menos, tem um cara que manda lá. É uma casa de senzala dentro dos quilombolas”. 

Ele ainda afirmou que a mulher e o homem devem ter as mesmas oportunidades, caso tenham as mesmas competências. 

“Que mais me acusam? De misógino. De não gostar de mulher? Se eu não gosto de mulher, então eu sou gay. Pronto. Só posso pensar isso aí. O que é ser machista? Me acusam aí que defendi que mulher ganhe menos do que homem. Me aponte um áudio e um vídeo nesse sentido? Inventaram. Me perguntaram numa entrevista porque uma mulher ganha menos do que um homem, e eu falei [que era] segundo a visão dos empresários e pesquisas do IBGE e botaram na minha conta. Era um jornal chapa branca, quem mandava era o Tarso Genro e eu tenho que me explicar em tudo que é lugar. Para mim a mulher não tem diferença do homem. Tem competência vai ganhar mais. Não tem, ganha menos”, explicou.

Atentado - Faleceu nesta segunda-feira (29) o ex-jogador do Santa Cruz Sebastião Tomaz de Aquino, conhecido como "Paraíba, o Canhão do Arruda". Além de jogador, ele também era Guarda Civil e foi um dos sobreviventes do atentado ocorrido em 25 de julho de 1966, no Aeroporto Internacional dos Guararapes, na época da Ditadura Militar. 

O alvo do atentado era o  marechal Artur Costa e Silva, que se preparava para suceder o presidente Castelo Branco, e era aguardado para desembarcar no Recife nesta data. A bomba explodiu, tirando a vida de duas pessoas e ferindo outras 14. A autoria do atentado foi atribuída a um grupo revolucionário contrário à Ditadura. Mas até hoje ainda pairam dúvidas sobre a verdadeira história do episódio.

A youtuber Kéfera Buchann postou um vídeo recentemente que arrancou inúmeras critícas na web. Famoso por expressar opiniões sobre diversos assuntos, ela resolveu reclamar do calor de Curitiba e ressaltou mulheres que conseguem manter a beleza mesmo com a alta temperatura. Mas um comentário irônico sobre Deus instigou críticas de inúmeros internautas. Kéfera disse acreditar que Deus se masturba.

“O problema nesse calor é que muita gente consegue ficar bonita. Quanto mais gente bonita, mais feia você se sente. O que me irrita profundamente é que tem gente que consegue continuar linda. Tem mulheres que parecem que Deus estava batendo...”, declarou a Youtuber. Confira o vídeo completo:

##RECOMENDA##

Integrantes do segmento cristão reprovaram veemente o comentário de Kéfera. “O comentário ridículo sobre Deus que você fez só mostra a pessoa vazia e infeliz que você é”, declarou uma internauta na página oficial de Kéfera no Facebook. Outro usuário ainda declarou: “Kéfera do céu, você comprou briga à toa com muita gente, principalmente com os seus fãs”.

Nessa quarta-feira (11), Kéfera fez um novo vídeo para tentar explicar seu comentário sobre Deus. Ela disse que tem respeito pelo segmento religioso, mas aproveitou para repreender os cristãos que a criticaram na internet. Veja a seguir:

 

Na primeira coletiva como presidente dos Estados Unidos, o bilionário Donald Trump declarou que vai estimular a economia norte-americana como nunca antes foi feito no mundo. "Serei o maior criador de empregos que Deus já criou. Teremos bons empregos e boas notícias", afirmou.

Segundo o republicano, um dos objetivos é fazer a indústria farmacêutica voltar a criar empregos nos EUA e não em outras nações. A crítica também tem como alvo a montadora General Motors, para que mantenha seus postos de trabalho nos Estados Unidos. 

##RECOMENDA##

Já sobre o polêmico muro na fronteira com o México, Donald Trump reconfirmou o compromisso prometido durante a campanha. O presidente disse que o acordo será elaborado em um ano e meio e os mexicanos pagarão pela construção. "O México vai nos reembolsar. Isso vai acontecer", assegurou Trump. 

Espionagem russa

Pela primeira vez, Donald Trump reconheceu acreditar que a Rússia hackeou documentos do Partido Democrata. "Acho que foi a Rússia, mas também somos pirateados por outros países e pessoas. O Comitê Nacional Democrata estava completamente aperto a ser hackeado". 

Após ser questionado sobre por que motivo não havia sido alvo dos mesmos "ataques", o presidente dos EUA pormenorizou: "se Putin gosta de Donad Trump, adivinhem, isso é chamado de vantagem, não um defeito". 

Com informações da Agência Estado

O princípio de laicidade do Estado tem ficado cada vez mais extinto no Brasil. A mais recente prova disso é um decreto publicado pelo Diário Oficial de Guanambi, no Centro-Sul da Bahia, nessa segunda-feira (2), onde o prefeito, Jairo Magalhães (PSB), entrega as chaves da cidade “ao Senhor Jesus Cristo”. 

No documento, o socialista também pontua que o município “pertence a Deus” e entrega todos os setores da prefeitura ao “altíssimo”. Além disso, ele também cancela “todos os pactos realizados com qualquer outro Deus ou entidades espirituais”. E conclui dizendo que sua palavra é “irrevogável”. 

##RECOMENDA##

O decreto foi um dos dez primeiros assinados pelo novo prefeito de Guanambi, empossado no último dia 1°. De acordo com a Constituição Federal, as esferas do Estado devem ser laicas, visto que, no artigo 5º é assegurada da liberdade religiosa aos cidadãos, de qualquer crença. 

A vereadora mais votada na última eleição do Recife, Michele Collins (PP), missionária evangélica da Assembleia de Deus, obteve 15.357 votos e é conhecida pelas declarações polêmicas a exemplo de quando defendeu a submissão da mulher afirmando que o “homem está acima da mulher” ou quando disse, recentemente, que “quem tem que criar uma criança é um homem e uma mulher”. Na primeira parte da entrevista exclusiva para o Portal LeiaJá, nesta quarta-feira (7), a vereadora falou sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que considerou válido o aborto, no primeiro trimestre de gravidez, em um caso ocorrido no Rio de Janeiro. Sobre o assunto, a parlamentar foi convicta. “Sou terminantemente contra o aborto”, frisou.

Justificando a sua opinião, Collins acredita que, a partir do momento que se descobre uma gravidez, já existe uma vida. “Eu acho que só Deus tem o direito de dar a vida e tirar. O ser humano não pode decidir, simplesmente, matar ou não matar uma criança porque, na verdade, a gente sabe que ali já é uma vida. É uma pessoa que está ali dentro. Se pararmos para analisar, todos nós, um dia, fomos um embrião e se nós tivéssemos sido retirados por qualquer que fosse o motivo?”, indagou.

##RECOMENDA##

Questionada sobre as mães que abandonam os filhos pela gravidez não desejada, Michelle Collins diz que, nesses casos, podem ficar nas crianças o trauma da rejeição, mas que existe tratamento e cura. “Sempre vai ter alguém com muito amor para encontrar essa criança no meio do caminho. Como quando nós vemos na televisão casos que encontrou a criança jogada no lixo. É algo muito triste, mas que sempre se tem uma mão estendida e sempre terá alguém que vai amar e que vai cuidar dessa criança. Nós temos que lutar pela vida até o fim. Uma vez vida sempre vida. Eu acho que, de qualquer forma, a vida tem que estar em primeiro lugar”. 

Aborto para vítimas 

Perguntada se há exceções para aborto em gestantes vítimas de abuso sexual ou cometido por alguma anomalia no feto, a opinião continua a mesma. “Eu acho que não tem exceção nenhuma. Eu conheço várias crianças com microcefalia tanto crianças pequenas que estão nascendo agora quando houve esse surto da Zika, em Pernambuco e no Recife, e outros já adultos e mães que amam seus filhos mesmo com toda a luta e toda dificuldade e que jamais teriam aberto mão dos seus filhos. Acho que é algo muito nobre cuidar de alguém que tenha esse tipo de deficiência e, com certeza, precisa se ter políticas públicas para apoiar essas pessoas. Nós, como parlamentares, precisamos pensar mais como acolher e apoiar essas famílias porque é o nosso papel. De forma nenhuma eu sou a favor do aborto”.

Collins pontuou que é necessário investir, no Brasil, mais em prevenção à gravidez. “Deve-se trabalhar com as adolescentes, os jovens, trazendo conhecimento do que é uma gravidez e as responsabilidades do que é gerar uma criança e mostrar os meios de prevenir, porém, tirar a vida eu acho que é algo muito grave e eu sou completamente contra o aborto e estamos nos mobilizando, enquanto parlamentares, não só no Recife, mas no estado, junto com a bancada da Assembleia Legislativa, em Brasília, junto com outros parlamentares, outras pessoas e outros órgãos. As instituições têm nos procurado para que possamos unir forças para que possamos lutar contra a liberação e a legalização do aborto”.

Ela pede aos deputados federais pernambucanos para se posicionarem contra o tema. Collins também irá convocar os membros da Frente Parlamentar em Defesa da Família e da Vida para uma reunião que tratará sobre o tema.

Polêmicas

A vereadora não se intimida ao se posicionar sobre temas polêmicos. Ressaltou que o seu público sabe exatamente quem é Michele Collins. “E isso ficou comprovado na última eleição. A gente sabe que eu sempre procurei ser muito transparente (...) colocando sempre o nosso posicionamento tanto para as pessoas avaliarem e sugerirem como também contribuir, mas a realidade é que as pessoas me conhecem”.

“Tenho certeza que quem vota em Michelle Collins, vota porque acredita naquilo que Michele Collins propõe. A gente atribui que meus votos são, em sua maioria, da igreja evangélica, do povo de Deus, mas também é um voto pulverizado. Um voto que a sociedade, de modo geral, independente de ser evangélico, também vota em mim pelo fato de acreditar naquilo que eu acredito”, finalizou.

[@#video#@]

São sete jogos que o Santa Cruz ainda terá pela frente na Série A deste ano. Para evitar um rebaixamento, o Tricolor teria que vencer todos, algo que é bem improvável se forem observadas as últimas partidas. A Cobra Coral vem de seis derrotas seguidas. Até o treinador Doriva já parece não ter muita fé, ou melhor, esperança. "A gente sabe que é uma situação dificílima, praticamente irreversível. Só Deus pode mudar essa situação. Mas, no futebol, tudo pode acontecer", disse em entrevista coletiva.

O técnico ainda não sabe se irá renovar seu contrato com o clube. Mesmo assim, espera que seus atletas mostrem entrega até o último minuto e que a diretoria começe logo a planejar o próximo ano. "Mesmo a gente seguindo e perdendo as condições, o clube precisa pensar no próximo ano. Independente de estar na A ou B tem competições logo cedo. Isso, logicamente, internamente, planejar o futuro. Não conversei ainda com a diretoria, pretendo até falar com o Constantino Júnior. A gente precisa sentar e ver o que virá para o futuro", comentou.

##RECOMENDA##

Doriva conta que o pior de seu momento no Santa está no fato de não conseguir os resultados. Mesmo quando o time conseguia aplicar em campo o que era combinado nos treinos. "A gente fica frustrado porque, no meu modo de ver, a equipe não conseguiu a produção desejada porque os bons jogos não culminaram em vitórias. A satisfação só vem com a vitória, somando pontos. Mas a consciência está tranquila, estamos dando nosso melhor", destacou o comandante tricolor.

LeiaJá também

---> Palmeiras corre para contratar Keno

---> Tiago Cardoso lamenta situação do Santa: 'Lamentável'

---> Tiago segue como titular no gol do Santa

Nesta sexta (7), o deputado estadual Cleiton Collins (PP), que disputou a eleição municipal de Jaboatão dos Guararapes, ficando em quarto lugar, afirmou que não ira apoiar nenhum candidato no segundo turno. “Agora, optei por ficar neutro. Não tive tempo de conhecer os outros projetos. Alerto aos eleitores a ouvir as propostas dos candidatos que concorrem agora”, declarou. O pleito do dia 30 de outubro será decidido entre Anderson Ferreira (PR) e Manoel Neco (PDT).

O pastor também falou sobre os problemas que enfrentou durante a campanha. “Sofri muitas calúnias e ataques durante a campanha, além das mentiras que foram propagadas, mas fui até o fim e Deus honrou tudo. Agora, torço por um Jaboatão dos Guararapes melhor”.

##RECOMENDA##

Cleiton Collins ainda acrescentou que teve pouco espaço de propaganda eleitoral. “Como diz a Palavra de Deus, ‘combati o bom combate’ e agradeço os votos que recebi do meu povo. Tive pouco espaço de propaganda eleitoral, nenhum na TV, mas prevaleceu o resultado que o povo quis nas urnas”.

Na justiça

Os advogados da coligação do deputado ingressaram com representação no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) contra "boatos e notícias falsas" que estariam sendo divulgadas. Segundo o postulante, uma pesquisa sem veracidade circulou nas redes sociais indicando que o pastor teria "vendido" a sua candidatura a outro prefeiturável do município.

Antes da eleição, o candidato em entrevista a uma rádio local, afirmou que Deus conhecia a sua história. “Estou preparado para ser prefeito do Jaboatão e valorizar a vida das pessoas. Deus também conhece a minha vida e sabe que não estou fazendo com que o povo perca tempo", declarou.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando